Ataques cibernéticos e LGPD

Após ataques cibernéticos e vazamentos de informações, as empresas, mais do que nunca, estão preocupadas com a segurança cibernética. O relatório The Global Risks Report 2020 aponta, por exemplo, que o risco cibernético encontra-se entre os 10 principais de uma empresa.

Em agosto entrará em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) – o que tornará inevitável ir em busca de um serviço especializado em segurança digital. A lei será de extrema importância, afinal, o país é o segundo colocado no ranking de crimes cibernéticos.

60% das vítimas de violação apontam terem sido violadas devido a uma vulnerabilidade conhecida

Muitos desses crimes poderiam ter sido evitados se as empresas tivessem como princípio básico o monitoramento das vulnerabilidades. Uma pesquisa da Service Now indica que 60% das vítimas de violação apontam terem sido violadas devido a uma vulnerabilidade conhecida. O que quer dizer que se você atuar na prevenção de segurança através da identificação desses riscos, poderá reduzir seu risco de forma efetiva.

A implementação de leis e regulamentações, que incentivam uma maior atenção para a segurança cibernética, proporcionam uma melhora extremamente significante. Em uma pesquisa da Gartner há a expectativa de que até 2022, as organizações que usam métodos de gerenciamento de vulnerabilidades com base em riscos sofrerão 80% menos vazamentos.

Fica claro que não é mais suficiente fazer levantamentos de vulnerabilidades pontuais, como era comum há algum tempo. Para reduzir significativamente os riscos de vazamento de dados e violações de segurança, é preciso ter um processo contínuo de gestão de vulnerabilidades. Isso significa criar rotinas de scans de vulnerabilidades com diferentes escopos e remediações rápidas.

Vinicius Durbano, cofundador do EcoTrust, explica que as empresas precisam ter um mapa de riscos. Esse material será útil para correlacionar o impacto do negócio x a probabilidade de ter um problema de segurança. E trará clareza do risco de negócio e  um plano de ação muito mais adequado à realidade da empresa. 

Conheça o EcoTrust: uma plataforma capaz de identificar vulnerabilidades do negócio antes e após o ataque

Com a necessidade das empresas terem mais clareza sobre os seus riscos, surgiu o EcoTrust .  

plataforma oferece uma nova visão sobre cibersegurança. É possível identificar, analisar e entregar informações vivas sobre as vulnerabilidades de segurança digital de uma empresa.

A ferramenta, que atende diferentes segmentos, é baseada em uma gestão contínua do monitoramento das vulnerabilidades. O seu objetivo está em corrigir falhas o mais rápido possível. E, consequentemente, tornar a a organização menos vulnerável a ameaças e ataques.

Como preparar uma organização para a implementação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)?

Nenhuma empresa quer teus seus dados vazados, não é mesmo? Com o EcoTrust, é possível dar os primeiros passos em relação a cibersegurança e começar a se adequar à LGPD. Principalmente por dois motivos: 

  1. É possível ter um levantamento inicial de riscos cibernéticos para priorizar as áreas de maior risco. Isso implica em até mesmo reduzir custos envolvidos com a adequação de tecnologias e processos de segurança.
  2. Possibilita a criação de um processo de gestão contínua de vulnerabilidades. Além disso, auxilia a mostrar para a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (responsável por regular a LGPD) que a empresa está cuidando da forma correta os dados pessoais. Só a gestão contínua de vulnerabilidades já é uma requisição de outras melhores práticas de mercado. Entre elas estão a ISO 27001, NIST – Cyber Security Framework, PCI, Bacen e entre outros. 

O EcoTrust pode ajudar você antes da violação de segurança, pois é possível identificar riscos que a empresa está correndo e agir preventivamente. Esse trabalho possibilita antecipar o futuro e proporciona estabilidade para continuar em atuação sem que nenhum ataque faça a organização desmoronar. Caso ocorra um incidente ou violação (e, infelizmente, isso ocorre com todas as empresas) o EcoTrust atuará apoiando no processo de resposta a incidente através da análise de eventos de segurança e automação.

Clique e saiba como contratar o EcoTrust.